You are here: Home // Córsega, Europa, França, Gastronômico, Mundo // Córsega – Região Insular da França

Córsega – Região Insular da França


A escolha de uma viagem pode ser motivada por diferentes maneiras: uma indicação de amigos, uma reportagem em revista de viagem ou de jornal, um documentário. O relato a seguir, foi feito por um casal amigo nosso, que, assistindo um programa de culinária com lindas paisagens da região do mar Mediterrâneo e com receitas da culinária local, decidiu conferir e agora compartilha conosco sua viagem.

 

Viagem realizada por Aldo e Marcia. Texto de Aldo:

 

IMG_0520

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Eu e minha esposa visitamos a Córsega entre 6 e 11 de junho de 2015.

Chegamos à Córsega pelo porto de Bastia, partindo de Nice, em uma viagem noturna de um pequeno navio. Para tanto, reservamos uma cabine o que possibilitou um bom descanso e isso foi charmoso.

Apesar de uma viagem simples, comparada àquelas dos transatlânticos, é uma viagem agradável. O navio tem um restaurante razoável e pudemos usufruir de um bom jantar.

Não dá para pensar em visitar a Córsega sem alugar um veículo. As distâncias são longas e não há estrutura turística para essas visitas. Nós alugamos um carro, mas a quantidade de motociclistas é muito representativa. As estradas são boas, apesar de, em vários trechos, serem bastante sinuosas.

Praia em Porto Vecchio

Praia em Porto Vecchio

Utilizamos como base a cidade de Porto Vecchio localizada no Sudeste da ilha. De lá visitamos Bonifacio no Sul e Ajaccio no Noroeste, cidades com diferentes atrativos.

Bonifácio, cidade medieval, a mais antiga da Córsega, construída sobre um grande paredão de calcário fica localizada no sul da Córsega de frente para a ilha da Sardenha (Itália), foi disputada por mouros, espanhóis, genoveses e franceses ao longo de sua história. Em suas águas que foram rotas de comércio e de guerras hoje, calmas e tranquilas servem como marinas para iates e barcos .

Em seu pequeno porto, com seus iates, barcos a vela instalados, pessoas passam férias, navegando pela ilha. Desse porto, saem barcos turísticos que levam ao redor da ilha de onde se vê penhascos, cavernas, grutas e  paisagens lindíssimas, vale a pena. O que impressiona também são as diferentes tonalidades de azul que o Mar Mediterrâneo apresenta. Azul turquesa, esmeralda, safira, azul claro.

Ajaccio é a capital da Córsega, cidade onde nasceu Napoleão Bonaparte. Ela também fica ao lado do mar e tem um porto onde os pescadores, diariamente, trazem o pescado e o comercializam com os restaurantes e outros consumidores. Come-se bem  frutos do mar em vários restaurantes na área do porto.

 

Mercado em Ajjacio

Mercado em Ajaccio

Em uma praça ao lado do porto existem barracas que, diariamente, comercializam frutas, legumes, frios como presunto cru, salame, etc., queijos de diversas espécies. Impossível passar por essas barracas e não comprar os queijos e frios para o jantar, regado com vinho de boa qualidade.

A  Córsega tem um litoral maravilhoso, mas também tem as regiões montanhosas. por isso é  conhecida como¨Montanha no Meio do Mar¨,uma outra opção para passeios e trilhas.

Visitamos a área de L’Ospedale, próxima a Porto Vecchio. Lá há um lindo lago, um parque atrativo, restaurantes onde é possível comer outras coisas especiais que não frutos do mar.

Lago de L'Ospedale

Lago de L’Ospedale

Dicas do Viajante: O que eu faria diferente, seria, evitar me hospedar em uma base. Isso dificulta a locomoção, pois as distâncias entre as cidades principais são muito grandes. Voltaria a Porto Vecchio, sem dúvida, mas ficaria no máximo duas noites. Ficaria uma ou duas noites em Bonifacio, para nós, o local mais atraente da Córsega. Uma noite em Propriano que fica entre Bonifacio e Ajjacio, e uma noite em Ajaccio. Assim, é possível economizar tempo, esforço e usufruir mais de cada local. “

Também na parte montanhosa da Córsega, uma das trilhas mais famosas é a ¨GR 20¨que cruza a ilha de norte a sul, por 180 Km de montanhas. É realizada na primavera ou verão, dura duas semanas, de onde se  vê os picos das montanhas com gelo, pelo caminho por onde desce a água do degelo , formando um lago no vale.

Área: 8.680 Km² com 365 povoados, alguns com 100 habitantes.

 

 

 

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

Copyright © 2002 - 2013 Guia do Viajante. All rights reserved.