You are here: Home // Brasil, Destinos, Ecológico, Passeios, São Paulo // Caminho do Sal – Paranapiacaba

Caminho do Sal – Paranapiacaba


A nova atração para o público aficcionado em atividades relacionadas ao ecoturismo foi desenvolvida em parceria entre as prefeituras de Santo André, São Bernardo e Mogi das Cruzes. No total, o Caminho do Sal terá uma extensão de 53,5 km, entre São Bernardo, Paranapiacaba e Mogi das Cruzes. O percurso poderá ser feito em sua totalidade ou então percorrendo os diferentes trechos que o compõem: o Caminho do Zanzalá (16 km, entre São Bernardo do Campo e Santo André), o Caminho dos Carvoeiros (10 km, em Santo André) e o Caminho de Bento Ponteiro (27,5 km, entre Santo André e Mogi das Cruzes). Os trajetos poderão ser percorridos a pé ou de bicicleta. Haverá sinalização turística, o que permitirá ao público perfazê-lo por conta própria ou com o acompanhamento de monitores.

HISTÓRIA – O Caminho do Sal foi um dos primeiros caminhos do Planalto Paulista no início da ocupação do território pelos portugueses. Conhecido como Zanzalá, o percurso, que ligava os atuais municípios de São Bernardo e Mogi das Cruzes, foi aberto em 1640 para transporte de sal, produto estratégico na época para sobrevivência dos povoamentos. Mais tarde, tropeiros passaram a utilizar o caminho para desviar dos impostos cobrados pelo comércio de pedras preciosas, oriundas das minas de Cuiabá. Em 13 de maio de 1722, o rei de Portugal ordenou a vedação do Caminho do Zanzalá, fato que contribuiu para que o trajeto fosse esquecido.

A retomada do percurso resgata alguns trechos originais do Caminho do Zanzalá, além de proporcionar uma abordagem simbólica do caminho. O Caminho dos Carvoeiros retrata uma parte da história marcada pela extração de madeira para os fornos das olarias dos núcleos colônias de Ribeirão Pires e São Caetano, e a produção de carvão para atender ao crescimento acelerado da Capital e de Santos no final do século 19. Atualmente, este trecho possui uma mata em estágio pioneiro de regeneração com muitos Manacás.

O Caminho do Bento Ponteiro resgata o trecho original de um comerciante que no mesmo período saiu de Mogi das Cruzes para se instalar na parte Alta da Vila de Paranapiacaba. Como construiu pontes em sua mocidade, era conhecido por ‘Ponteiro’. Agora como uma atração turística, possibilita aos interessados o entendimento da dinâmica dos deslocamentos durante a exploração colonial, momento de formação do atual território do Grande ABC e do município de Mogi das Cruzes. A intenção dos organizadores é um convite para o público redescobrir, em meio a paisagens fantásticas e muita aventura, um dos caminhos mais antigos do Brasil: o Caminho do Sal.

O Caminho do Sal é uma iniciativa das Prefeituras de Santo André, São Bernardo do Campo e Mogi das Cruzes e tem por objetivo resgatar a história da região e estimular o turismo nas cidades. Mais informações podem ser obtidas no site: www.santoandre.sp.gov.br. Ou pelos telefones 4439-0109 e 4439-0321.

Fonte: Prefeitura de Santo André

1 Resposta para " Caminho do Sal – Paranapiacaba "

  1. #1 - Enter your name... says:

    Gostaria de informações sobre o caminho do sal!, onde sair, etc. Maria José Garcez Araraquara SP

Deixe seu comentário

Copyright © 2002 - 2013 Guia do Viajante. All rights reserved.