You are here: Home // Chile, Passeios, turismo enólogo, Vinícolas // Santiago – Vinícolas dos arredores

Santiago – Vinícolas dos arredores


Nos arredores de Santiago, a pouca distância da região central, existem várias vinícolas centenárias como: Cousiño Macul, Undurraga e Concha Y Toro, além de muitas outras.

 

P1040913

 

Entre elas visitamos desta vez a Undurraga, vinícola familiar, fundada a mais de 120 anos (1885) por Don Francisco Undurraga.

Esta vinícola cuja sede fica no município de Talagante na região   metropolitana de Santiago, distante cerca de 35 Kms. Talagante é rodeada por dois rios importantes:

o Mapocho, que cruza Santiago na direção leste-oeste e o rio Maipo, que tem em suas margens inúmeras vinhas,  o que torna o vale um dos maiores produtores de vinho do Chile.

A vinícola Undurraga é conhecida pelas vinhas do Valle del Maipo, que aparece  nos rótulos de suas garrafas.

Na visita a sede da vinícola, destaca-se a construção principal cuja bela arquitetura é no estilo colonial espanhol, com seus arcos característicos e pintada de branco.

 

P1040915

 

Muito agradável  também são os jardins ao redor das construções da vinícola. O projeto desses jardins  é do paisagista francês George Henri Dubois. Essa área é utilizada para a realização de eventos, geralmente refeições servidas ao ar livre para grupos que podem alcançar algumas centenas de pessoas. Nessas ocasiões, como não poderia deixar de ser, são servidos os vários vinhos de produção da Undurraga.

 

P1040899

 

Alguns brasileiros vão se lembrar dos vinhos Undurraga pela pequena garrafa ovalada que há alguns anos era comum nas lojas especializadas e nos supermercados brasileiros, como símbolo do vinho chileno. Atualmente, estas garrafas não são mais utilizadas. É pena, pois isso a tornava muito simpática, além de ser fácilmente reconhecida.

Acreditamos que a interrupção da utilização deste tipo de garrafa tenha a ver com as facilidades de logística, pois as garrafas comuns ficam melhor acondicionadas em caixas e containers, o que deve baixar os custos do frete para enviar os vinhos ao redor do mundo.

 

P1040906
Videiras secas no inverno

Na degustação  aos visitantes são geralmente oferecidos dois a tres vinhos tintos e um espumante. No dia da nossa visita, foi oferecido quatro tipos de vinhos para degustar: um branco  e dois tintos, sendo um reserva e mais um vinho branco de sobremesa.

 

P1040898

 

Ao final, ganha-se as taças. As taças oferecidas pela Undurraga, são excelentes, bem clássicas e  aprópriadas para vinho tinto.

Atualmente os vinhos da Undurraga não estão chegando ao Brasil. Fomos informados que está sendo negociado com um importador a distribuição dos vinhos  novamente no Brasil.

 

P1040911

 

Nas recepções dos hotéis bem como nos Centros de Informações Turísticas estão disponiveis folhetos de agencias que oferecem excursões para as vinícolas mais famosas do Chile.

As visitas levam de 4 a 5 horas. São conduzidas por guias da própria vinícola que  dividem os grupos de visitantes de acordo com  o idioma de origem. Geralmente em grupos de língua inglesa e espanhola . Como há muitos turistas brasileiros, alguns guias arriscam algumas palavras em “portunhol””.

 

P1040907

 

As visitas às vinícolas podem ser feitas durante o ano todo. No entanto, durante o final do verão  ( março-abril ), as videiras estão carregadas de frutas e podem ser apreciado o movimento do trabalho na colheita das uvas, o transporte das mesmas, a limpeza, a produção e armazenamento dos vinhos.

 

P1040905

 

Estivemos na vinícola Undurraga no inverno ( junho ), quando as vinhas estão no período de dormencia com os ramos secos. Observamos que nas fileiras das parreiras são plantadas roseiras, que segundo o guia, servem de alerta, pois caso haja um ataque de pragas, as roseiras serão atingidas primeiro,  alertando para que se combatam as pragas salvando as parreiras de uvas.

 

P1040901

 

Ao final da visita, nos dirigimos a loja de vendas onde estão expostos e à venda os   vinhos, azeites  e até  cosméticos ( creme hidratante e outros ) que utilizam a uva e o azeite como matéria prima.

 

P1040914

 

Excursões:

de Segunda a Domingo com saídas e retornos aos hotéis de Santiago em vans.

de Meio período ( manhã ou tarde )

Dia completo de 7 a 9 horas ( visita a duas ou três vinícolas )

Preços (em junho 2013):

Dia completo: 49.000,00 Pesos ou US$108,00 ou R$ 209,00

Meio período: 28.000,00 Pesos ou US$ 60,00 ou R$ 119,00

Onde fica: Camino a Melipilla Km34, Talagante, Chile
Telefone: ( 56 -2 ) 372 2900 ou ( 56- 2 ) 372 2850 (reservas)

www.undurraga.cl

Deixe seu comentário

Copyright © 2002 - 2013 Guia do Viajante. All rights reserved.