You are here: Home // Viagem de Trem // VIAGEM DE TREM – TREM DO PANTANAL

VIAGEM DE TREM – TREM DO PANTANAL


O Pantanal visto da janela do trem


Trem passando sobre a ponte

A região do Pantanal é conhecida por suas belas paisagens e natureza exuberante. No Mato Grosso do Sul, a pesca, as trilhas e os passeios em meio à natureza são programas certos para turistas interessados em conhecer a beleza do País em um estado rico em diversidade.

Desde maio de 2009, o Trem do Pantanal revela as belezas sul-mato-grossenses por um novo prisma, acompanhado de um ar nostálgico que remonta o passado em meio a um equipamento moderno e único. Resultado da parceria entre Serra Verde Express, Governo do Estado do MS e América Latina Logística (ALL), o transporte turístico recebe turistas brasileiros e estrangeiros que sonham em fazer uma viagem à modo antiga.

Dessa vez, o passeio vem aliado a um programa turístico que contempla, inicialmente, três municípios: Campo Grande, Aquidauana e Miranda, num trecho de 220 quilômetros em, aproximadamente, sete horas de viagem. As cidades pelas quais os visitantes passam reservam atrativos e atividades completas e inesquecíveis. Aos sábados, o viajante vai de Campo Grande a Miranda; enquanto aos domingos há a possibilidade de fazer viagem de volta.

O programa pode ser rápido, mas certamente é marcante. Ao passear pelos municípios, os visitantes podem conhecer a culinária típica da região em um lugar que oferece ar puro, natureza e um roteiro de compras para levar um souvenir de artesanato local para a família.

Trem do Pantanal

A viagem começa em Campo Grande. A capital sul-mato-grossense reserva um “q” inconfundível de cultura, na Casa do Artesão e no Memorial da Cultura Indígena, uma construção toda de bambu localizada na Aldeia Urbana Marçal. A cidade também marca o início das viagens àquele que se propõe a conhecer o Pantanal. Uma breve visita ao “Camelódromo”, que abriga vendedores de produtos eletrônicos e artigos importados, não pode ficar de fora do roteiro.

Depois de conhecer a cultura campograndense chega o momento de embarcar no Trem do Pantanal. Para os mais saudosistas, a renovação da linha traz à tona os tempos áureos de passeio em trem. Aos mais novos proporciona uma sensação de estar em contato com a natureza. Pelas janelas da locomotiva os viajantes têm a oportunidade de ver araras azuis e outras espécies de aves e animais nativos da região. Durante o trajeto, um espetáculo a parte. Os rios Miranda e Aquidauana mostram a perfeição dos caminhos fluviais que cortam as cidades menores.

Trajeto da Viagem

O trem sai da estação de Indubrasil, a 30 kms de Campo Grande de lá, segue para a Estação de Palmeiras, que é um distrito do município de Dois Irmãos. Em seguida o trem passa pela Estação de Piraputanga um distrito com cerca de 600 habitantes. Depois o trem passa pela morraria da serra de maracaju e chega a estação de Aquidauana, em seguida passa pela estação Taunay , e por ultimo chega na estação final de Miranda depois de 220 kms de trilhos.

Aquidauana e Miranda

Após presenciar algumas das paisagens do Pantanal, a primeira parada do trem acontece em Aquidauana. A pacata cidade, fundada em 1892 por coronéis e pelo major Teodoro Rondon, foi considerada por anos a mais desenvolvida do antigo Estado do Mato Grosso. Um dos motivos da fama era a estrada de ferro, que engrandecia o mercado regional.

Aos turistas que querem aproveitar a história da região, uma passagem pela Praça Afonso Pena, que abriga a Biblioteca Municipal, é uma boa pedida. O local ainda serve de palco para eventos típicos e festas regionais. Logo na entrada da cidade, a Igreja Matriz Imaculada Conceição, chama a atenção por seu estilo gótico.

Estar em Aquidauana também é desfrutar de adrenalina e emoção. Para os mais aventureiros há opções de passeios de barco, trilhas, cavalgada, caminhadas e até uma focagem noturna para avistar os animais silvestres. Para repor as energias após as diversas atividades, os cardápios oferecem a peculiar feijoada de pintado ou um prato à base de carne branca, pescada das águas doces da região, que aprimoram o paladar.


Descontração dentro do trem

Após experimentar a gastronomia de Aquidauana chega o momento de voltar ao trem e continuar a viagem, com parada final na Estação de Trem de Miranda. Com atividade pesqueira forte, a culinária também se destaca nesse município. E o artesanato ganha repercussão com produções em barro dos índios Kadiweu. O passeio cultural toma forma com as visitas às aldeias indígenas, que ficam a cinco quilômetros de distância do Centro. As mais conhecidas são Passarinho e Cachoeirinha.

Fora dos trilhos

Além da viagem de trem e conhecer as localidades por onde o trem passa, o viajante pode conhecer outras cidades da região. Corumbá, por exemplo, está a noroeste de Miranda e é conhecida como cidade branca, devido ao solo rico em calcário (mineral de coloração predominante branca).

Viajar de trem e conhecer o pantanal

Considerado o terceiro município mais populoso e importante do Mato Grosso do Sul, oferece atrativos como danças típicas, cantigas e culinária exótica, influenciada pela “vizinha” Bolívia. Durante todo o ano mantém as altas temperaturas, o que não interfere em programas de lazer e roteiro cultural na cidade, além disso, é possível encontrar artesanato boliviano.

Outros destinos em Mato Grosso do Sul, surpreendem aos turistas que buscam natureza e bem-estar. Há 120 quilômetros a sudoeste de Miranda, a viagem pelo estado pode levar a Bonito. Que não tem esse nome a toa! Para preservar tanta beleza, a manutenção do lugar se dá pelo acesso restrito aos turistas. Em meio ao cerrado, Bonito possui cavernas, lagos, lagoas e rio de águas cristalinas. Atrações imperdíveis em um território praticamente preservado em fazendas e reservas particulares.

Preços das Passagens

O preço da passagem é de 90 reais para quem faz todo o trajeto de Campo Grande até Miranda a volta é o mesmo valor. Crianças pagam 37 reais.
Para quem vai de Campo Grande até Aquiduana o preço é de 80 reais adulto e 28 reais crianças.
A passagem para quem vai de Aquiduana a Miranda custa 58 reais adultos e 19,80 crianças.
De Aquiduana até a Estação Palmeira as passagens custam 29 reais adulto e 19 reais crianças.

Ganha-se um kit lanche e no trem tem ar condicionado e vagão lanchonete.

Onde Comprar a Passagem do Trem

CAMPO GRANDE – MS
Fone: 67 3043-2233
Endereço: Vagão Escritório
Av. Noroeste, s/n – em frente a Morada dos Baís
79002-010
E-mail: campogrande@serraverdeexpress.com.br
Horário de Atendimento:
Segunda a sexta: 8h às 18h
Sábado: 8h às 12h

ESTAÇÃO INDUBRASIL – MS
Endereço: Rua Cascatinha, s/n – Vila Encontrocamento
Indubrasil – 79108-120 – Campo Grande – MS

ESTAÇÃO DE AQUIDAUNA – MS
Endereço: Rua Bichara Salameni, s/n

ESTAÇÃO DE MIRANDA- MS
Endereço: Rua Firmo Dutra, s/n

Site para mais informações www.serraverdeexpress.com.br

Tags: ,

Deixe seu comentário

Copyright © 2002 - 2013 Guia do Viajante. All rights reserved.