You are here: Home // Brasil, Destinos, Pará // ILHA DE MARAJÓ – PA

ILHA DE MARAJÓ – PA


A Ilha de Marajó, localizada na região norte do Brasil, próxima a cidade de Belém, é um dos locais mais preservados da Amazônia. A ilha é cercada pelos rios Amazonas e Tocantins, e também pelo oceano atlântico. É considerada a maior ilha Fluviomarinha do mundo, com mais de 40 mil kilometros quadrados. A ilha de Marajó tem cerca de 250 mil habitantes, que se concentram em diversas localidades, porem as maiores e mais visitadas são as localidades de Soure (considerada a capital da ilha), Salvaterra e Breves a cidade com o maior numero de habitantes da ilha. A ilha é conhecida por sua cerâmica, praias de rio, selva, igarapés e pela criação de búfalos que é em maior numero que a população de pessoas da ilha, com mais de 600 mil cabeças. É comum ver carroças puxadas por búfalos nas ruas das cidades da Ilha de Marajó.A gastronomia da região também vale experimentar, muitos pratos com carne de búfalo e queijo do animal são encontrados, e claro por ser uma ilha muitos tipos de peixes(experimente o filé Marajoara). A ilha tem suas belezas naturais impares e pouco tocadas, fazer expedições na selva, igarapés, e rios é certeza que avistará animas, e que irá tirar boas fotos.
10-praia-do-pesqueiro-10.JPG
Praia do Pesqueiro

Principais Atrações da Ilha de Marajó
São muitas atrações vamos citar aqui apenas algumas:

Praia de Joanes: se localiza a 15 km de Salvaterra, tem hospedagem próximas, e restaurantes,é um local tranqüilo para ficar. A praia tem cerca de 2 km de extensão, é banhada pela baia de Marajó. Nos meses de janeiro a maio sofrem a influencia do rio Amazonas, e suas águas ficam mais doce e amareladas. Nos meses de junho a dezembro, suas águas sofrem influencia do oceano atlântico e fica com a cor mais esverdeada e salobra.

Furo do Miguelão: Passeio por riachos de 1500 metros de extensão , ótimo para deslumbrar a flora e fauna local. O passeio só pode ser feito na cheia da maré. Aconselhável ir com guias experientes.
furo-do-miguelao-ilha-de-marajo.JPG
Praia do pescador: Fica em Salvaterra, esta praia se concentra um grande numero de barcos de pesca. Tem um por do sol muito bonito que vale ver.

Praia do Pinheiro: fica próximo a praça das comunicações, é uma pequena praia onde os dois lados tem grandes pedras. Esta praia tem um bonito nascer do sol.
Praia Grande de Salvaterra: é a praia principal de Salvaterra. Tem bares e restaurantes, de noite tem lual na temporada de julho. Tem um bonito nascer do sol.

Praia do Pesqueiro: Fica em Soure, é uma praia com uns 3 km de extensão, muito procurada pela população, tem quiosques para atender os banhistas.
ilha-de-marajo-praia-do-pesqueiro-24.JPG
Praia Barra Velha: a 3 km de Soure, é uma praia bastante deserta e muito bonita, é possível fazer uma boa caminhada pela região. Tem manguezais próximos.
ilha-de-marajo-praia-barra-velha-4.JPG
Passeios em Fazendas
Há na Ilha de Marajó, varias fazendas, muitas delas promovem passeios, algumas fazem passeios de búfalo, ou de barcos por igarapés, outras tem passeios por manguezais. Passeios a cavalo, passeios para avistar aves da região entre outros. È possível também se hospedar em algumas fazendas. Sempre é bom agendar os passeios.
ilha-do-marajo-trilha-pelo-mangue.JPG
trilha no mangue
Contatos com fazendas que tem passeios
Fazenda Araruna (em Soure): passeios de búfalo, barco a cavalo e charretes.
Contatos: (91) 3741-1474 ou (91) 9605-4874.
Fazenda São Jerônimo – (em Soure, próxima à Praia do Pesqueiro). Passeios: trilhas pelos manguezais, passeios de canoa, cavalgada, percursos de charrete, banhos em igarapé e praia.
Contato: (91) 3741-2093
Fazenda Bom Jesus (em Soure). Passeio: caminhada pela fazenda tem areas de proteção ambiental, para visualização de varias aves da região, algumas em extinção.
Contato: Tel: (91) 3741-1243 ou (91) 9616-6999.
2-fazenda-araruna-passeio-com-bufalos-6.JPG
Arara na fazenda

bufalo-ilha-de-marajo.JPG
Carroça puxada por bufalo que leva ao tour pela fazenda.
O que comprar

Cerâmica de Marajó: A cerâmica Marajoara é considerada uma das mais belas do mundo, muitos objetos são feitos na ilha e podem ser encontrados em muitos museus do Brasil e do exterior.

Objetos em couro de búfalo

Queijo do Marajó :Produzido com leite de búfala, é possível encontrar para compra em Soure.

bicho-preguica-ilha-de-marajo.JPG
Bicho preguiça no Furo do Miguelão

Como Chegar a Ilha de Marajó

Você pode chegar na ilha com Avião de pequeno porte vindo de Belém, ou levar seu carro em balsas, ou então ir em barcos de passageiros. Se você não estiver de carro, é bom saber que entre Salvaterra, Soure, Joanes e cachoeira do Ariri tem serviços de vans, é possível marcar para irem te buscar em determinada praia.

Como chegar de barco
Para quem esta sem carro, os barcos para a ilha de marajó saem do Terminal Hidroviário de Belém que fica na Av. Marechal Hermes, s/n, no Armazém 10 da Companhia das Docas. Quando chega-se na Ilha de Marajó, (porto Camará) varios serviços de ônibus e vans são oferecidos para as cidades de Soure 31 km e Salvaterra 25 km do porto.
Saída de barco para Porto Camará (Salvaterra) às 6h30 e 14h30. Nos domingos, só às 10h.
Saída de barco Da ilha de Marajó (porto Camará) para Belém às 6h30 e 15h. Nos domingos, só às 15h.

Como chegar de Avião
Para quem pretende chegar a ilha de Marajó de avião, saiba que isso é possível tem algumas empresas que fazem o transporte em pequenos aviões:
Empresas de Táxi Aéreo ( translado para a cidade de Soure na Ilha de Marajó)
Brabo Táxi Aéreo
Tel: (91) 3233-4884

Leopoldo Táxi Aéreo
Tel: (91) 3233-1707

Soure Táxi Aéreo
Tel: (91) 3233-4986

Como chegar de Carro
Para quem preferir ir de carro até a ilha de Marajó, saiba que as balsas saem do porto de Icoroaci a 20 km do centro de Belém. De lá as balsas vão com destino ao Porto Camará. A viagem dura em torno de três horas e é muito bonita.
Horários de saída das Balsas de Icoroaci(Belém) para Porto Camará(ilha de Marajó): Segunda a sexta, 6h30 e 7h30. Sábados às 4h, 6h30 e 7h30. Domingos às 6h30. Saída das Balsas de Porto Camará para Icoroaci: Segunda a sexta, 16h e 17h. Sábado às 16h e 17h. Domingo às 16h, 17h e 18h.

bufalo-soure-ilha-de-marajo.JPG
Bufalo puxando carroça nas ruas de Soure. Uma cena comum.

Pousadas na ilha do Marajó

Próximo a Soure
Pousada São Jerônimo
Tel: (91) 3741-2093
Hotel Ilha do Marajó
Tel: (91) 3741-1315
Hotel Casarão da Amazônia
Tel: (91) 3741-2222
Paracauary Eco Pousada
Tel: (91) 3741-1122

Pousada O Canto do Francês
Tel: (91) 3741-1298

Proximo a Salvaterra
Pousada dos Guarás
Tel: (91) 4005-5656

Pousada Boto
Tel: (91) 3248-7814 ou (91) 3765-1539

Pousada Aruaque
Tel: (91) 9969-8002

Saiba que é possível também se hospedar em casa de nativos por preço bem mais em conta, mas com pouco luxo
praia-do-pesqueiro-ilha-de-marajo.JPG
Praia do Pesqueiro

Tags: , ,

16 Respostas para " ILHA DE MARAJÓ – PA "

  1. #1 - Gessica says:

    Olá ,estou indo pro marajó e me encomendaram um búfalo de cerâmica um murrah…onde posso encontrar? obrigada

  2. #2 - Lauro says:

    Prezados viajantes,
    Entendo ser nossa obrigação alertá-los sobre PROPAGANDA ENGANOSA da empresa Iara Turismo de Belém, dona do Hotel Ilha do Marajó.
    Somos do sul do Brasil e compramos um pacote de excursão e hospedagem para Ilha do Marajó, 2 dias e uma noite (330,00 por pessoa)
    Não entre nessa “fria”, a empresa, a nosso ver, não merece credibilidade.
    O sentimento coletivo é a de que fomos roubados, pagando muito caro pelo tão pouco que nos foi oferecido.
    O “guia” local (disse ser dono da Paid’égua Turismo e Viagens) contratado pela Iara Turismo não é guia algum, é um quase inútil, não informa nada, parece não conhecer nada da cultura e da região.
    Se tem algum conhecimento, infelizmente não soube demonstrar ou transmitir. Só “enrolou”.
    Para nos transportar de um lado para o outro, convenhamos, bastava só o motorista do carro.
    Perdemos muito tempo com a desorganização e aparente falta de planejamento.
    Se tivéssemos feito o passeio por nossa conta tenho certeza que faríamos melhor porque planejado por nós mesmos e pagando muito menos.
    O tratamento que recebemos foi quase a de quem estava por sua própria conta mesmo.
    As coisas todas são extremamente precárias, sem estrutura alguma para o turismo.
    Dá medo de tocar nas coisas e ser contaminado tal a sujeira que domina todos os lugares a que visitamos (eu voltei da viagem com conjuntivite e minha esposa com diarréia).
    As instalações do Hotel Ilha do Marajó – que nem tivemos tempo de conhecer ou usar – são incompatíveis com, comparativamente, o alto preço (170,00) que nos cobram pela diária.
    O padrão de “estrelas” é para diárias de 60,00 ou 70,00 reais, no máximo, sem dúvida alguma.
    Camas pouco confortáveis, falta limpeza, higiene, conservação, manutenção, pintura.
    Pedimos para mudar de quarto porque aquele que nos indicaram estava infestado de mosquitos e exalava mal cheiro.
    As roupas de cama e toalhas estão gastas, furadas e manchadas. O descaso é patente.
    A cozinha é pobre, pratos pouco elaborados, falta sabor onde sobra preço no cardápio.
    Café da manhã praticamente sem opções.
    Funcionários pouco atenciosos ou prestativos.
    O folclore carimbó de sábado à noite foi sem atrativos, repetitivo e cansativo. Muitas pessoas – inclusive alguns franceses – foram embora depois da quarta ou quinta música.
    Quer economizar, faça o seguinte: pegue você mesmo um táxi até a estação do porto, compre você mesmo a passagem no navio regional 500 pessoas(o único existente aliás para chegar na ilha), paga-se 15,00 cada trajeto que leva quase 4 horas; chegando na ilha, no porto de Camará, pegue um transporte micro-ônibus do Edgar até Soure (12,00 cada trecho com ar condicionado) e ele te deixa na pousada ou hotel escolhido por você. Contrate por lá um táxi ou alguém que te leve conhecer a Praia do Pesqueiro (não é longe), visite uma fazenda de búfalos (ficam todas muito próximas ao centro da cidade). Curtume e cerâmica, sinceramente, nem perca seu tempo. Se sobrar tempo, gaste-o na Praia Joanes em Salvaterra, que fica meio caminho para voltar ao porto de Camará e pegar o navio regional de volta para Belém.
    Infelizmente fazemos estes relatos. Escrevemos tudo isto para a empresa Iara Turismo mas são tão cretinos que nem se dignaram a responder-nos o educado email que lhes enviamos. Temos bastante experiência em viagens e falta-nos apenas meia dúzia de estados brasileiros para conhecer suas capitais e arredores. A pior viagem até agora foi para a capital do Pará, Belém. Uma cidade muito suja e até nojenta no Ver o Peso e arredores. Um absurdo tanta gente porca!!!!! Prefeito, governador, políticos em geral, essa gentalha nunca andou à pé naquela região ou mesmo pelas ruas da cidade. Não perca seu tempo. Interesantes somente os restaurantes da Estação das Docas, à noite, e visitar Mangal das Garças. O melhor da viagem pelo Pará, sem dúvida alguma, Alter do Chão e suas belíssimas praias banhadas pelo verde rio Tapajós, de setembro a dezembro. Fique no Hotel Beloalter e faça refeições no Restaurante Parada Obrigatória. Visite a loja Araribá Cultura Indígena que tem artesanato de 80 tribos indígenas. Extraordinário!
    Espero terem sido úteis estas informações. Quiséramos ter sido alertados antes e não teriamos nos aborrecido tanto. Felicidades a todos.

  3. #6 - Mayara Freitas says:

    Olá queria ajuda para alugar uma casa pra família passar as ferias de julho nessa ilha maravilhosa. Preciso com urgência de algum contato.
    Obrigada.

  4. #7 - Regina Botti says:

    Obrigada pelas dicas de onde ‘nao ir’ . São muito importantes, estou indo para Belém em novembro, no meu aniversário e não quero passar pelo que vocês passaram.

  5. #8 - Lua says:

    Olá, sou de Belém, a melhor opção é Joanes, pousada Ventania. Não é necessário guia, é muito fácil chegar ao porto para sair de Belém ao Camará, qualquer táxi faz isso tranquilamente. O custo da passagem de barco é de R$15,00. No Camará, vans ficam à espera do passageiro, algumas com destino à Joanes, outras Soure… o custo por pessoa é de R$ 5,00. Na volta , Camará destino Belém, é necessário agendar com o motorista da Van, mas a recepção do hotel se encarrega em ligar, basta avisar antecipadamente o dia pretendido para saída. A diária na Pousada Ventania é R$ 105,00 (quarto casal), além do restaurante do hotel, há outros vários à beira mar, com preços razoáveis… Há muito o que fazer, basta perguntar a um morador local, você irá se divertir bem mais e pagar menos. Espero ter ajudado. Abs a todos!

    • #9 - Cesar says:

      Sou de Florianopolis SC Vou para belem no final do ano mas estou tendo dificuldade de saber como chegar em Marajó, gostaria por favor de um site com dias e horarios e preços dos barcos. gt Cesar

      • #10 - Marilia says:

        Com certeza a melhor opção de hospedagem é a pousada dos Guarás em Salvaterra.

        Com relação a transporte você pode procurar a agência valeverde pois tem pacotes formados para o Marajo, ou se preferir ir por conta propria, procure se informar no porto de Belém fica ao lado da estação das docas, é de lá que parte os navios, as balsas partem do distrito de icoaraci.
        Lembrando que tanto as balsas como os barcos não chegam diretamente em salvaterra, do porto você deve pegar uma van que vai levar até a cidade de salvaterra. É uma viagem de aproximadamente 50 min.
        Mas eu o aconselho a comprar os pacotes da pousada dos Guaras, pois eu sei que eles oferecem suporte aos seus turistas.
        http://www.pousadadosguaras.com.br/

    • #11 - Silvana Cristina Dietrich Lapa (A_Art LM18 M2) says:

      Andeia Gonçalves qdo vc foi pra ilha vc ficou na casa de nativos….pode me passar contatos vou em julho obrigado

  6. #12 - Marcos says:

    Estarei indo pra Curralinho, Ilha de Marajó, mas tenho dificuldade em saber horários de ida e volta a Belém. ONde consigo?

    • #13 - Roza M R says:

      Marcos,
      Sugiro que vc entre em contacto com a informaçÀO Turística 91 ou paraturismo.pa.gov.br
      ou no guia quatro rodas 2012.

  7. #14 - Andrea gonlçalves says:

    como eu faço para alugar casa de moradores???????

  8. #16 - Flávia says:

    Bom dia!!!
    Por gentileza, alguém pode me indicar um bom guia turístico em Ilha de Marajó e sugestões de passeios para 03 dias???
    ** Dúvida: Onde ir? Fazenda São Gerônimo ou Fazenda Bom Jesus? São passeios parecidos? Obrigada.

Deixe seu comentário

Copyright © 2002 - 2013 Guia do Viajante. All rights reserved.